Projeto do Centro Pastoral da Paróquia Nossa Senhora das Dores de Rajada

Projeto do Centro Pastoral da Paróquia Nossa Senhora das Dores de Rajada
Clique na imagem e veja todas fotos do centro pastoral. (Projeto: Phana Neri)

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Dom Francisco realiza reunião com seminaristas da diocese de Petrolina.

Foto: padre José Porfírio

Qual penitência escolher para viver este período da Quaresma? (Parte III)


Com a chegada da Quaresma, muitos católicos sentem-se perdidos sobre quais penitências devem adotar neste tempo de reflexão e preparação para a Páscoa.
Pensando nisso, o Padre José Eduardo separou algumas sugestões de mortificação:
Penitências Morais:
(São as mais importantes)
– Não reclamar das contrariedades do dia, mas agradecer e louvar a Deus;
– Sorrir sempre, mesmo quando haja um nervoso;
– Moderar a frequência às redes sociais, celular e computador (reduzir a poucas vezes ao dia);
– Desligar as notificações do celular;
– Fazer os serviços mais incômodos na casa e no trabalho, ajudando os outros;
– Acordar mais cedo para fazer oração;
– Não ouvir música no carro;
– Não assistir TV, mas dedicar este tempo à leitura;
– Não usar jogos eletrônicos, caso seja viciado;
– Fazer algum trabalho voluntário;
– Rezar mais pelos outros, do que por si mesmo;
– Reservar dinheiro para dar esmolas, mas sobretudo, atenção aos mendigos;
– Não se defender quando alguém lhe acusa;
– Falar bem das pessoas que se gostaria de criticar;
– Ouvir as pessoas incômodas sem as interromper;
– Dormir no horário, mesmo sem vontade.

Texto: Sacerdote da Diocese de Osasco. Pároco da Paróquia São Domingos. Doutor em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz (Roma). (Disponível, em: cleofas.com.br)

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Hoje tem Via-Sacra na Paróquia Nossa Senhora das Dores de Rajada.

Qual penitência escolher para viver este período da Quaresma? (Parte II)


Com a chegada da Quaresma, muitos católicos sentem-se perdidos sobre quais penitências devem adotar neste tempo de reflexão e preparação para a Páscoa.
Pensando nisso, o Padre José Eduardo separou algumas sugestões de mortificação:
Penitências corporais:
(Apenas para ajudarem a não perdermos o sentido do sacrifício ao longo do dia, a não sermos relaxados, devendo ser pequenas e discretas).
– Dormir sem travesseiro;
– Sentar-se apenas em cadeiras duras;
– Rezar alguma oração mais prolongada de joelhos;
– Não usar elevadores ou escadas rolantes;
– Trabalhar sem se encostar na cadeira;
– Cuidar da postura corporal;
– Descer um ponto antes do ônibus e fazer uma parte do caminho à pé;
– Deixar de usar o carro e pegar um transporte coletivo.

Texto: Sacerdote da Diocese de Osasco. Pároco da Paróquia São Domingos. Doutor em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz (Roma). (Disponível, em: cleofas.com.br)

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Pré-diácono Orlando Silva chega à Paróquia de Rajada para estágio pastoral.


A Paróquia Nossa Senhora das Dores, com sede no distrito de Rajada, Petrolina – PE, recebeu no último dia 06, terça-feira, para o estágio pastoral, o pré-diácono Orlando Silva.
Nascido em Santa Filomena – PE, Orlando iniciou seu estudo rumo ao sacerdócio, cursando Filosofia no Seminário menor, São José, em Petrolina – PE. Após ter concluído o estudo filosófico exigido pela Igreja Católica, o mesmo ingressou no curso de Teologia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (FAFICA) e, posteriormente deu continuidade aos estudos teológicos na Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).
O pré-diácono, que atualmente está sendo acompanhado pelo padre Breno Gomes, vigário auxiliar da Paróquia de Rajada, reside no distrito e já atua na paróquia em diversas funções, como: celebrações, formações pastorais, visitas a enfermos e idosos, tanto na sede como na zona rural.

Qual penitência escolher para viver este período da Quaresma? (Parte I)


Com a chegada da Quaresma, muitos católicos sentem-se perdidos sobre quais penitências devem adotar neste tempo de reflexão e preparação para a Páscoa.
Pensando nisso, o Padre José Eduardo separou algumas sugestões de mortificação:
1. Penitências gastronômicas:
– Trocar a carne por peixe, ovos ou queijo (ou mesmo comer puro);
– Comer menos arroz, feijão, pão, macarrão, para sair da mesa com um pouco de apetite;
– Eliminar todos doces, refrigerantes, chocolate e demais guloseimas;
– Nas refeições, acrescentar algo que seja desagradável, como diminuir a quantidade de sal ou colocar um condimento que quebre um pouco o sabor;
– Comer algum legume ou verdura que não se goste muito;
– Diminuir ou mesmo tirar as refeições intermediárias (como o lanche da tarde);
– Tomar café sem açúcar, ou água numa temperatura menos agradável;
– Reservar algum dia para o jejum total ou parcial.

Texto: Sacerdote da Diocese de Osasco. Pároco da Paróquia São Domingos. Doutor em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz (Roma). (Disponível, em: cleofas.com.br)

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Formação para os Ministros Extraordinários da Comunhão da Paróquia de Rajada acontecerá neste domingo.

A Paróquia Nossa Senhora das Dores, distrito de Rajada, Petrolina - PE, realizará no próximo domingo, 25, formação com todos os Ministros Extraordinários da Comunhão, que formam o grupo na paróquia.
O encontro, que acontecerá na Igreja matriz da Paróquia, das 15h às 17h, será conduzido pelo seminarista Orlando Silva. 

Para que serve a penitência, tão praticada na Quaresma?


Nada é pior do que o pecado para a vida do homem, da Igreja e do mundo, ensina a Igreja; por isso Cristo veio, exatamente, “para tirar pecado do mundo” (cf. Jo 1, 29). Ele é o Cordeiro de Deus imolado para isso.
A Quaresma nos oferece, então, esse “tempo favorável” para se deixar o pecado e voltar para Deus. E para isto fazemos penitência. O seu objetivo não é nos fazer sofrer ou privar de algo que nos agrada, mas ser um meio de purificação de nossa alma. Sabemos o que devemos fazer e como viver para agradar a Deus, mas somos fracos; a penitência é feita para nos dar forças espirituais na luta contra o pecado. (Texto: cleofas.com.br)

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Celebrações da Via-Sacra e encontros continuam na Paróquia de Rajada.


A Paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada no distrito de Rajada, Petrolina - PE, está realizando deste a última sexta-feira, 16, os encontros e vias-sacras, em preparação para celebrar a Semana Santa.
Neste período, intitulado de Quaresma, a paróquia celebra ordinariamente os encontros preparatórios para celebrar e "discutir" o tema da Campanha da Fraternidade 2018, que este ano tem o tema: "Fraternidade e superação da violência" e o lema: “Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8).
Além de realizar os encontros na Igreja, a Paróquia também promove as celebrações (via-sacra) e encontros nas residências. Na próxima quarta-feira, dia 21, o encontro será realizado na residência de Simplícia, na avenida Manoel Antônio Coelho Rodrigues. Já a Via-Sacra acontecerá nesta sexta-feira, 23, na Igreja matriz. Confiram os outros locais dos encontros:
- Quarta-feira (28/02): residência de Constantina, na rua Tomás Martins de Sousa;
- Quarta-feira (07/03): residência de Mercilda, na avenida Nilo Coelho;
- Quarta-feira (14/03): residência de Braz, rua Maria Coelho;
Via-Sacras:
- Sexta-feira (02/03): rua Zezito Bezerra, nas proximidades do Cemitério central de Rajada;
- Sexta-feira (09/03): Igreja matriz da Paróquia;
- Sexta-feira (16/03): rua Dionísio Rodrigues de Macedo;
- Sexta-feira (21/03): rua Eduardo Nunes de Souza;
- Sexta-feira (23/03): Igreja matriz da Paróquia.
Todos os encontros iniciarão às 19h30.

Pastoral da Comunicação da Paróquia Nossa Senhora das Dores de Rajada em breve anunciará novidades!

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Missa da devoção de padre Cícero acontecerá nesta terça-feira em Rajada.

A comunidade Católica do distrito de Rajada, Petrolina - PE, realizará, através da Paróquia Nossa Senhora das Dores, que tem sede neste distrito, a Missa da devoção de padre Cícero a Nossa Senhora.
A Celebração, que será presidida pelo padre Breno Gomes, vigário auxiliar, iniciará às 19h30, na Igreja matriz da Paróquia, nesta terça-feira , 20.

Qual o significado do jejum, na Quaresma?


A igreja propõe o jejum principalmente como forma de sacrifício, mas também como uma maneira de educar-se, de ir percebendo que, o que o ser humano mais necessita é de Deus. Desta forma se justifica as demais abstinências, elas têm a mesma função. Oficialmente, o jejum deve ser feito pelos cristãos batizados, na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa.
Pela lei da igreja, o jejum é obrigatório nesses dois dias para pessoas entre 18 e 60 anos. Porém, podem ser substituídos por outros dias na medida da necessidade individual de cada fiel, e também praticados por crianças e idosos de acordo com suas disponibilidades.
O jejum, assim como todas as penitências, é visto pela igreja como uma forma de educação no sentido de se privar de algo e reverte-lo em serviços de amor, em práticas de caridade. Os sacrifícios, que podem ser escolhidos livremente, por exemplo: um jovem deixa de mascar chicletes por um mês, e o valor que gastaria nos doces é usado para o bem de alguém necessitado. Fonte: www.cancaonova.com

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Conheça o significado da Quaresma.


Chama-se Quaresma os 40 dias de jejum e penitência que precedem à festa da Páscoa. Essa preparação existe desde o tempo dos Apóstolos, que limitaram sua duração a 40 dias , em memória do jejum de Jesus Cristo no deserto. Durante esse tempo a Igreja veste seus ministros com paramentos de cor roxa e suprime os cânticos de alegria: O "Glória", o "Aleluia" e o "Te Deum".
Na Quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas e termina na quarta-feira da Semana Santa, os católicos realizam a preparação para a Páscoa. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando o crescimento espiritual. Nesse tempo santo, a Igreja católica propõe, por meio do Evangelho proclamado na quarta-feira de cinzas, três grandes linhas de ação: a oração, a penitência e a caridade. (Texto: cancaonova.com)

Capelania Militar de Petrolina prepara festa de São José.

Fonte: Capelania Militar - Petrolina - PE

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Quaresma: tempo oportuno de ajustar a nossa vida com a proposta de Deus.


Tempo de Quaresma é o tempo favorável. É o tempo de conversão. É a volta à casa do Pai. É o tempo em que a nossa abertura para Deus nos faz reconciliar com Ele.
O pecado nos aniquila. O pecado nos vicia e a Quaresma é o tempo oportuno de ajustar a nossa vida com a proposta de Deus. É o tempo de graça e de retiro, para a reflexão e conversão espiritual.
Deus quer se reconciliar conosco porque Ele nos amou primeiro. Se alguém virou as costas, fomos nós, não Deus! O esforço da Quaresma é se deixar tocar por Deus e se deixar envolver pela Sua misericórdia. Logo não sejamos indiferentes e deixemos Deus, no seu Espírito, nos provocar.
Por isso, eu sugiro que, se você não tem o costume de cumprir o preceito da Missa Dominical, seja feito nesse período quaresmal um propósito de não faltar às Missas. Cada domingo da Quaresma é uma provocação à conversão. Eis o tempo que Deus nos favorece. (Texto: Pe. Reginaldo Manzotti - via Equipe Evangelizar é Preciso)

Diocese de Petrolina continua preparativos para acolher Dom Francisco Canindé.

Seguidores